O CRAV COMO LUGAR DE MEMÓRIA E PRESEVAÇÃO DO AUDIO VISUAL MINEIRO E SUA RELAÇÃO COM A POPULAÇÃO DA CIDADE DE BELO HORIZONTE

TítuloO CRAV COMO LUGAR DE MEMÓRIA E PRESEVAÇÃO DO AUDIO VISUAL MINEIRO E SUA RELAÇÃO COM A POPULAÇÃO DA CIDADE DE BELO HORIZONTE
Tipo de publicaçãoTrabalho apresentado em evento
AutoresLourenço, Junio Martins, and Rodrigues Marcos Vinícius
Tipo de trabalhoAnais Eletrônicos do XIV Encontro Regional de Biblioteconomia, Documentação, Ciência da Informação e Gestão da Informação
Instituição / UniversidadeUFMG
CidadeBelo Horizonte
Ano2011
Resumo

Este trabalho visa identificar O CRAV - Centro de Referência Áudio Visual – como lugar de memória e seu relacionamento com a população da cidade de Belo Horizonte. O CRAV iniciou as suas atividades em 1995, e foi o primeiro espaço voltado para a preservação, fomento e discussão sobre o áudio visual em Minas Gerais. Atualmente o acervo fílmico sob sua guarda, conta com aproximadamente 20.000 películas e 8.000 títulos em vídeo. Alem de criar condições ambientais e técnicas adequadas, para o recebimento e acondicionamento de acervos, o CRAV cumpre um papel relevante, no sentido de mediar à coexistência do passado histórico com o contemporâneo, visando preservar e difundir a memória do estado de Minas Gerais através do áudio-visual. Ao mesmo tempo, busca absorver a modernidade tecnológica proposta pelas novas mídias, possibilitando e incentivando a experimentação de diferentes linguagens. A preservação da memória de uma comunidade é de fundamental importância para sua evolução cultural e política. É de suma importância aproximar os moradores da cidade de Belo Horizonte1 e o acervo acumulado pelo CRAV ao longo de quinze anos de existência, promovendo discussões teóricas e difundindo a memória de Belo Horizonte e Minas Gerais.

Abstract

This work aims to identify the CRAV - Audio Visual Reference Center - a place of memory and its relationship with the population of the city of Belo Horizonte. The CRAV started its activities in 1995, and was the first space toward the preservation, promotion and discussion of the audio visual in Minas Gerais. Currently the film collection under his care, has approximately 20,000 films and 8,000 video titles. In addition to creating environmental conditions and appropriate techniques for receiving and handling of collections, the CRAV fulfills an important role in order to mediate the coexistence of the past with the contemporary history, to preserve and spread the memory of the state of Minas Gerais with the audio-visual. At the same time, seeking to absorb modern technology proposed by the new media, enabling and encouraging experimentation with different languages. Preserving the memory of a community is of fundamental importance to its cultural and political evolution. It is of paramount importance to approach the residents of the city of Belo Horizonte and the collections accumulated by CRAV over fifteen years of existence, promoting and spreading the theoretical discussions memory of Belo Horizonte and Minas Gerais.

Keywords: CRAV. Audio visual. Memory. Belo Horizonte.

Palavras-chaveA. Aspectos teóricos e gerais de bibliotecas e informação, CRAV. Áudio visual. Memória. Belo Horizonte.
Full Text

Anais Eletrônicos do XIV Encontro Regional de Biblioteconomia, Documentação, Ciência da Informação e Gestão da Informação

AnexoTamanho
O CRAV COMO LUGAR DE MEMÓRIA E PRESEVAÇÃO DO AUDIO VISUAL MINEIRO E SUA RELAÇÃO COM A POPULAÇÃO DA CIDADE DE BELO HORIZONTE.pdf (0)177.19 KB